Se você é apaixonada por plantas, mas acha que não dá para tê-las porque vive em apartamento, aí vai uma boa notícia: dá para cultivá-las, sim!

É possível levar o charme e o equilíbrio das plantas para dentro de seu apartamento, mesmo que você tenha interesse apenas em um vasinho de violeta ou até em algo um pouco maior, como uma palmeira-ráfia.

Veja neste post, o tipo de planta de apartamento mais adequado para seu espaço, desde aquelas que sobrevivem com pouca iluminação até as que não precisam de tantos cuidados assim. O importante é fazer a escolha correta dentro do seu perfil. 

Preparada para montar seu minijardim? Então continue lendo e leve um toque de cor e natureza para sua casa agora mesmo!

Analise seu espaço antes de escolher

Você pode até querer muito uma samambaia chorona, mas se não tem espaço suficiente para toda aquela folhagem, ou um local com iluminação adequada, não vai dar certo insistir nessa escolha, não é mesmo? 

A primeira coisa a fazer quando se quer escolher uma planta de apartamento é analisar o ambiente. Tem pouco ou muito espaço? O local bate sol ou tem pouca iluminação? Você é do tipo que vai lembrar de molhar a plantinha (responda sinceramente)?

A partir dessas respostas é possível fazer a escolha certa para que sua mais nova amiga cresça em um espaço adequado, conserve-se linda por mais tempo e componha bem a decoração do ambiente. 

Escolha bem a sua planta de apartamento

Depois dessa análise, você já deve ter algumas coisas em mente — além de preferências pessoais, como cor, presença ou não de flores ou aquele vaso lindo que quer comprar. Agora vamos apresentar opções de planta de apartamento para deixar sua casinha mais colorida, bonita e harmônica:

Antúrio

É aquela planta linda que tem a folha em formato de coração. Além disso, produz uma flor em diversas cores e é bem fácil de cuidar; não precisa de sol direto e basta apenas um pouco de água.

Lírio da paz

Se você curtiu o antúrio, mas não tem sol no seu espaço, que tal substituir por um lírio da paz? Ele tem uma folhagem linda e consegue ter sua flor mesmo na sombra. É preciso que sua terra fique sempre úmida e em local quente.

Violeta

Quem não se apaixona por aquela planta de flor e folha aveludada? É uma ótima opção para quem tem pouco espaço, pois cabe em um vasinho e não precisa de muito sol. O ideal é que se regue a terra uma vez por mês (ótima opção para os esquecidinhos!) e nunca molhe suas folhas, pois elas apodrecem.

Cactos e suculentas

As queridinhas do momento são lindas, fofas, estão disponíveis em vários tamanhos e são muito fáceis de cuidar. Podem ficar até em recipientes fechados e precisam ser molhadas quase nunca.

Palmeira-ráfia

Se você quer algo maior para aquele cantinho sem graça da sala, a palmeira-ráfia pode ser a solução. Tem um caule fino e longo, mas com uma folha bem grande. De crescimento lento, prefere a meia-sombra e precisa ser regada semanalmente. 

​Integre bem cada planta a um cômodo

Agora que você já conhece algumas opções de plantas de apartamento, pode integrá-las à decoração de acordo com o ambiente que tem. Para a sala, todas as opções citadas no post são possíveis de serem usadas. Mas, se a ideia é levar um toque verde para o banheiro que não bate tanta luz, pense em um cacto, suculenta ou violeta.

O quarto, que também costuma ser um ambiente mais fechado, fica incrível com um lírio da paz ou ganha um ar sofisticado com uma orquídea, que também é outra planta de apartamento.

Ter uma planta de apartamento é fácil. Elas deixam sua casa mais linda, ajudam no contato com a natureza e até a equilibrar as energias de seus moradores. Não ter tempo de regar um vasinho não é mais desculpa para manter sua casa cinza e sem graça.

Agora que você já sabe tudo sobre como cuidar de plantas em apartamentos, que tal aprender um pouco sobre decoração moderna?