Muitas vezes, visualizar a casa pronta e bem decorada pode ser difícil. Para resolver esse problema você pode pesquisar inspirações de decoração usando um aplicativo só de fotos. Você sabe como usar o Pinterest?

Se a resposta for não, não é necessário preocupar-se! Neste post, trazemos as dúvidas mais comuns e dicas de como usá-lo para encontrar ótimas inspirações de decoração! Confira:

Como ele funciona?

O Pinterest é uma rede social em que você entra para pesquisar exatamente o que gosta e precisa. No site ou aplicativo móvel, estão diversas imagens que aparecem de acordo com os filtros selecionados.

Nele, é possível criar painéis — ou boards — onde ficam guardadas as fotos salvas (“pinadas”). Para facilitar, imagine um quadro em que você pode pegar diversas fotos e agrupá-las de acordo com um determinado tema. O Pinterest funciona da mesma maneira, mas é tudo on-line!

Você pode tanto adicionar fotos autorais em pastas específicas como salvar fotos de terceiros. Além disso, as fotos (também chamadas de pins) podem direcionar a sites e blogs que exploram o assunto da imagem, potencializando seu resultado!

Como usar o Pinterest?

Agora que você já sabe como funciona o aplicativo, aproveite para criar diversas pastas de decoração para salvar as fotos que mais lhe inspiram! Por exemplo, você quer concluir a decoração do seu quarto, mas não sabe exatamente como? Nesse momento, pesquise fotos com palavras-chave como “decoração quarto”.

Se você já tem em mente um estilo definido, faça uma pesquisa mais direcionada. Busca algo mais romântico? Aposte em pesquisas como “decoração romântica quarto”. Agora crie uma pasta com o nome que desejar e salve todas as fotos nela!

Além dos boards, existem outras funcionalidades do Pinterest que você deve conhecer. Listamos abaixo as três principais e dicas de como usá-las:

1. Utilize “more” e “discover”

Ao clicar em um pin, aparecem outros relacionados abaixo. Para ser mais prático, o Pinterest criou o botão “more” — nele, você consegue ver as imagens que são parecidas com essa sem ter que abrir a foto!

Além disso, se você está sem inspiração, deve usar o discover. Com essa funcionalidade, aparecem diversas ideias, pins e as tendências mais pesquisadas e comentadas, selecionadas pelo Pinterest. Nesse momento, busque pelas pastas de decoração!

2. Busque por imagens

Essa função é muito parecida com o “more”. Você pode filtrar sua pesquisa usando uma pequena lupa que aparece no canto superior direito da foto. O Pinterest faz uma seleção de pins que ele acredita ser relacionado à foto para aprimorar sua busca e trazer informações novas.

Isso para decoração é muito útil, pois você pode pesquisar diferentes estilos de sofás, por exemplo, baseando-se somente em uma imagem. Ou até mesmo pode decidir as cores que pode usar na decoração, objetos decorativos e muito mais. Legal, não é mesmo?

3. Encontre inspirações

Por fim, você pode — e deve! — seguir perfis de decoração para ter diferentes recomendações e indicações de como decorar bem a sua casa. Existem muitos blogs e sites disponíveis para serem explorados. Aqui, separamos alguns que podem ajudar:

  • Elle Decor: direciona bastante para decoração e traz diversos assuntos como dicas de organização, ideias para jardins e pastas exclusivas de quartos, sala de jantar e banheiro! Vale a pena dar uma conferida.
  • Bruna Lourenço: outro perfil focado na decoração! A blogueira Bruna Lourenço monta um feed organizado, repleto de dicas e fotos belíssimas para você se inspirar.
  • Poli Xavier: essa designer tem diferentes conteúdos, mas monta pastas excelentes de decoração DIY (faça você mesmo)!
  • Luiza Bo: ela também apresenta um perfil variado e com conteúdos de qualidade. Para decoração, não deixe de ver a pasta “For the home & interior”, pois tem pins muito modernos, com decorações impecáveis.

Agora que você já sabe como usar o Pinterest, está na hora de colocar essas dicas em prática! Lembre-se de pesquisar palavras chaves do seu interesse, usar as diferentes funcionalidades do aplicativo e salvar as fotos que você mais gostou!

Então, quando começar a usá-lo, não se esqueça de nos contar como foi a experiência e de onde tirou inspirações. Deixe um comentário abaixo para incentivar outros leitores!